Search
Close this search box.

RN registra crescimento de 200% de startups no interior

O ecossistema de startups tem se destacado como um terreno fértil para o crescimento e desenvolvimento do Rio Grande do Norte ao longo dos anos. Dados do mapeamento do ecossistemas realizado pela unidade de Negócios, Inovação e Tecnologia do Sebrae-RN, revelam um panorama promissor, impulsionado por uma combinação de fatores que favorecem o empreendedorismo inovador no estado. O Sebrae-RN realizou três mapeamentos – nos anos de 2008, 2020 e 2023- e os números revelam um crescimento de 200% no número de startups, mostrando uma tendência de avanço de projetos inovadores no interior. Os dados gerais mostraram um salto no número de startups no estado como um todo de 35,9%, em 2020, para 53,2% em 2023.

A evolução do mapeamento, de 2008- quando foi realizado a primeira vez mapeando o ecossistema das empresas de tecnologia da informação e comunicação – TICs de Natal e região metropolitana, até 2023, mostrou que- na região metropolitana de Natal, das regiões de Mossoró e do Seridó – o número de startups já ultrapassou o de empresas de tecnologia da informação e comunicação, que liderou as duas pesquisas anteriores – 2008 e 2020.

“O mapeamento é contínuo e nessa altura já visualizamos um recorte expressivo do perfil do ecossistema de inovação do Rio Grande do Norte. As informações apuradas são fundamentais para que os atores envolvidos, como o Sebrae, possam planejar com maior assertividade as suas ações focadas no desenvolvimento regional”, disse David Góis, gerente da unidade de Negócios, Inovação e Tecnologia do Sebrae-RN.

De tecnologia da informação a agronegócio, passando por saúde, educação e turismo, as startups potiguares têm se diversificado e inovado, atendendo às demandas locais e explorando mercados nacionais e internacionais.

De Carnaúba dos Dantas para mais 5 estados brasileiros

Nascida durante o edital Startup Nordeste I, promovido pelo Sebrae-RN em 2022, a Cotafarma, primeira startup de Carnaúba dos Dantas (Seridó Potiguar), é uma plataforma online voltada para o segmento de farmácias que disponibiliza aos assinantes a cotação de produtos farmacêuticos. Com eficiência e acessando os menores preços do mercado, a plataforma facilita o processo de compras entre farmacistas e seus distribuidores.

Ultrapassando as barreiras do RN, a Cotafarma atualmente conta com clientes em mais cinco estados do Brasil – Paraíba, Bahia, Ceará, Pernambuco e Goiás.

Juliana Souza, CEO da Cotafarma, sócia-fundadora , é enfermeira e administradora por formação. Levando em consideração que a gestão de compras é parte essencial na rotina de uma farmácia, ela procurou desenvolver a plataforma buscando a promoção da praticidade entre farmacistas e seus distribuidores.

“Até outubro de 2023, nossa plataforma contava com 15 assinantes anuais. Já após o apoio do Sebrae lançamos nossa primeira versão oficial e atualmente temos 35 clientes em 6 estados brasileiros”, vibrou Juliana.

Segundo, a CEO, as perspectivas da Cotafarma pra 2024 é lançar uma nova versão até final do ano pra iniciar a fase de escala e atingirmos 100 clientes até dezembro.

“Participo do ecossistema de inovação baseado em Currais Novos, estou inserida nas atividades que o Sebrae promove aqui e sigo aprendendo e me atualizando”, comentou.

Startup Reports Brasil 2023

De acordo com o Startup Reports Brasil 2023, levantamento elaborado pelo Sebrae em todo o Brasil, o RN possui 742 startups mapeadas, ocupando o segundo lugar no Nordeste em número de startups, ficando atrás apenas de Pernambuco com 759.

Ainda dentro desse levantamento, o RN repete a segunda colocação no Nordeste, seguindo mais uma vez Pernambuco na relação despesa pública e número de startups, registrando 22.3 startups por 10 milhões de reais investidos em despesas com ciência e tecnologia.

Durante a Startup Nordeste II, edital promovido pelo Sebrae-RN- que está atualmente na 3a fase (mentorias e aporte financeiro)- foram inscritos 280 projetos inovadores distribuídos em todas as regiões do estado.

Mateus Lucas, sócio-fundador da Bikeeats, localizada em Mossoró (região Oeste Potiguar), foi um dos 50 selecionados na última fase deste edital e antes mesmo de começar a receber o aporte financeiro para focar no seu negócio já estava faturando.

A partir da experiência dele e dos sócios, com serviços de entregas (delivery) com motociclistas, a Bikeats desenvolveu um aplicativo também de entregas, porém voltado para comerciantes de delivery e entregadores que utilizam bicicleta (bike) como meio de transporte para atender itinerários mais curtos. Combinando, entre outros fatores, a agilidade e sustentabilidade, o aplicativo disponibiliza para empresas que fazem delivery um cadastro de entregadores de bike.

“A gente queria desenvolver uma ideia que gerasse um impacto positivo tanto para as pessoas que fossem utilizar nossos sistemas e como pro meio ambiente, preenchendo a lacuna de entregas entre endereços próximos. Devido ao valor do combustível essas entregas não eram vantajosas para os motociclistas”, explicou Mateus, sócio do app ao lado Ekarinny, sua esposa e do amigo Gildeone.

O Bikeats estará disponível para dispositivos móveis e web a partir do mês de julho na plataforma playstore. “Hoje fazemos a captação de entregadores e enviamos o app para fazer o cadastro”, finalizou.

Sobre o mapeamento

O Sebrae-RN fez o primeiro mapeamento em 2008, ocasião em que catalogou 214 empresas do ecossistema das empresas de tecnologia da informação e comunicação – TICs de Natal e região metropolitana. Doze anos depois, em 2020, o material foi atualizado com informações, além das TIC´s, startups, empresas de games e provedores de internet, de outras regiões do estado, como a região Oeste, com foco nos polos de Mossoró e Pau dos Ferros, e a região do Seridó, com destaque para os municípios de Currais Novos e Caicó.

Tribuna do Norte

Construções Recreio