Search
Close this search box.

Registro falso de vacinação de Bolsonaro em SP usa email com nome de Lula

O registro falso de vacinação do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) contra a covid-19 em São Paulo teve um dado colocado com o nome do presidente Lula (PT).

O email “[email protected]” foi registrado na ficha de vacinação, segundo o boletim de ocorrência feito pela Prefeitura de São Paulo. CPF, nome, dia e mês de nascimento compartilhados na ficha de vacinação são os mesmos do ex-presidente. O ano de nascimento, porém, está incorreto.

“Chama a atenção”, disse a prefeitura sobre o uso de um email com o nome de Lula.

No sistema da prefeitura paulistana consta que Bolsonaro foi vacinado com o imunizante de dose única da Janssen contra a covid-19 na UBS do Parque Peruche, na zona norte da capital, em 19 de julho de 2021. O sistema do Ministério da Saúde validou a vacina.

Na data da suposta aplicação, Bolsonaro estava em Brasília; ele passou quatro dias internado em São Paulo, mas recebeu alta no dia 18 de julho de 2021, quando voltou para o Distrito Federal.

A prefeitura ainda constatou que a pessoa que teria aplicado a vacina nunca trabalhou na UBS indicada no sistema e o lote citado como aplicado não foi disponibilizado em São Paulo. A unidade também aponta que nunca atendeu Bolsonaro.

A CGU (Controladoria-Geral da União) e a PF (Polícia Federal) investigam o caso.

Trecho do boletim de ocorrência realizado pela Prefeitura de São Paulo em janeiro de 2023 - Prefeitura de São Paulo/Enviado ao UOL - Prefeitura de São Paulo/Enviado ao UOL

UOL

Seridó Cadeiras