Search
Close this search box.

Receita Federal em Natal destrói mais de 4 milhões de maços de cigarros contrabandeados

A Receita Federal em Natal, em parceria inédita com a empresa Souza Cruz, realizou a destruição de 4,370 milhões de maços de cigarros apreendidos por crime de contrabando e descaminho. A operação ocorreu na última sexta-feira (31), em um galpão na cidade de Natal, e contou com a participação de mais de 20 pessoas, entre servidores da Receita Federal, terceirizados e funcionários da empresa contratada.

A destruição dos cigarros foi feita por meio de um processo que envolveu máquinas especiais capazes de triturar e compactar os produtos. A parceria entre a Receita Federal e a Souza Cruz destaca-se como um exemplo de cooperação entre órgãos públicos e empresas privadas na luta contra o crime organizado.

A ação teve como objetivo combater a entrada ilegal de cigarros no país, que além de ser um crime, prejudica a economia e a saúde da população. Segundo o delegado da Receita Federal em Natal, Wyllo Marques, os cigarros apreendidos foram avaliados em cerca de R$ 17 milhões e entrariam ilegalmente no mercado brasileiro.

A destruição dos cigarros apreendidos é uma medida importante para coibir a atividade ilegal de contrabando e descaminho e garantir a segurança e a saúde dos brasileiros. Além disso, a parceria entre a Receita Federal e a Souza Cruz pode servir de exemplo para outras empresas que desejem colaborar com as autoridades na luta contra o crime organizado.

Espaço Flor de Lotus