Search
Close this search box.

PF segue sendo usada para perseguir Bolsonaro, afirma Flávio

Em publicação na manhã desta quinta-feira (4), o senador Flávio Bolsonaro afirmou que a Polícia Federal está sendo usada para perseguir o ex-presidente Jair Bolsonaro. Manifestação veio após a Polícia Federal pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de novo inquérito para as investigações sobre a suspeita de fraudes nos cartões de vacina em 2022.

“Pequeno grupo da PF segue sendo usado para perseguir Bolsonaro, agora fazendo o trabalho de juizado de pequenas causas. Qual o critério, atingir candidatos apoiados por Bolsonaro? Vergonha!”, escreveu o senador no X, antigo Twitter.

A necessidade por novo inquérito, segundo a PF, se dá após buscas realizadas na manhã desta quinta nos endereços de Célia Serrano, secretária de Saúde, e Washington Reis, ex-prefeito de Duque de Caxias. No município foram registradas as alterações nos cartões de vacina do ex-presidente, sua filha, assessores e até mesmo o do irmão do então prefeito de Duque de Caxias, o deputado federal Gutemberg Reis (MDB-RJ).

A Polícia Federal informou que um dos objetivos da operação e da abertura de novo inquérito, é para que sejam realizadas investigações mais profundas, e que seja apurada se mais pessoas foram beneficiadas nos fraudes.

Tribuna do Norte

Espaço Flor de Lotus