Search
Close this search box.

PF encontra certificados de vacinação falsos na casa do ex-auxiliar de Bolsonaro

Além do dinheiro em espécie, a Polícia Federal encontrou, durante as buscas na casa do tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, certificados de vacinação falsos do militar e de seus familiares.

O ex-ajudante de ordens foi preso preventivamente nesta quarta-feira (3/5) em operação que investiga a adulteração dos registros de vacinação de Bolsonaro; da filha do ex-presidente, Laura; de Cid, da esposa e das filhas do militar.

Segundo a PF, os suspeitos da fraude inseriram dados falsos de vacinas contra a Covid-19 nos sistemas do Ministério da Saúde entre novembro de 2021 e dezembro de 2022.

O objetivo seria emitir certificados falsos de vacinação para pessoas que não tinham sido imunizadas e, dessa forma, permitir que elas pudessem acessar locais onde a imunização era obrigatória.

Nas buscas na residência de Mauro Cid, a PF também apreendeu 35 mil dólares e R$ 16 mil, em espécie. Os valores foram encontrados pelos policiais em um cofre.

Metrópoles

Limpa Mil