Search
Close this search box.

Mercedes-Benz suspende contrato de 1.200 funcionários por 3 meses

A Mercedes-Benz vai suspender, por até 3 meses, os contratos de trabalho de 1.200 metalúrgicos na fábrica de São Bernardo do Campo (SP) a partir de maio. Decisão foi tomada nesta quinta-feira (13.abr.2023).

Conforme comunicado distribuído aos trabalhadores no início de abril, a suspensão se dá por causa de queda na produção, falta de peças e altas taxas de juros no país. As informações são da Agência O Globo.

A empresa também negocia pausa de até 2 meses para funcionários da fábrica de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Em nota enviada à Agência O Globo, a Mercedes informou que os trabalhadores receberão salário líquido integral e passarão por curso de capacitação profissional durante o período.

“A Mercedes-Benz reitera seu compromisso em buscar constantemente alternativas junto ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC para adequações e gerenciamento do volume de produção diante da demanda de mercado”, diz a nota.

O coordenador da representação na Mercedes do sindicato, Sandro Vitoriano, afirmou que os profissionais têm garantia de retorno à fábrica.

Poder360

Supermercado Recreio