Search
Close this search box.

Juiz de Nova York é demitido após ter conta do Onlyfans descoberta

Uma demissão por motivo inusitado chamou atenção em Nova York, nos Estados Unidos. O juiz Gregory Locke, de 33 anos, foi demitido após os perfis no OnlyFans e JustForFans serem descobertos pelos seus chefes. De acordo com uma matéria publicada pelo New York Times, Gregory ocupava o cargo de juiz de direito administrativo da cidade de NY e sua principal responsabilidade era julgar os contraventores de trânsito.

Com uma rotina dupla, fora do expediente de juiz, Locke usa um perfil no Twitter, que já soma mais de 170 mil seguidores, para publicar conteúdos adultos feitos por ele e compartilhar links de seus perfis no OnlyFans e JustForFans.

Apesar de manter um nome fictício nas redes sociais, o juiz não faz questão de esconder seus rostos nos conteúdos produzidos. Em uma de suas biografias, Locke se descreve como um “profissional de colarinho branco durante o dia… muito pouco profissional à noite. Sempre amador, sempre cru, sempre sacanagem”.

Ainda de acordo com o New York Times, o oficial de justiça teve sua demissão solicitada pela vereadora Vickie Paladino, que teria sido a responsável pela descoberta das contas. No domingo (2/4), Gregory se manifestou questionando a motivação da vereadora e afirmou que vai continuar produzindo conteúdo adulto.

“Isso aconteceu depois que um membro do Conselho Municipal questionou os tweets que escrevi em resposta às suas declarações fanáticas e equivocadas sobre drag queens e sobre a comunidade queer em geral”, explicou Gregori, pontuando também que nenhum dos conteúdos foram produzidos em horário de trabalho que deveria estar exercendo o papel de juiz.

Correio Braziliense

Construções Recreio