Search
Close this search box.

Globo demite mais profissionais do jornalismo em segundo dia de cortes

Esta quarta-feira (5) está sendo de mais demissões no departamento de jornalismo da Globo. Pelo segundo dia consecutivo, a emissora realiza uma onda de cortes histórica no setor, dispensando profissionais da empresa em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília com altos salários. Entre os nomes, estão veteranos como os repórteres César Galvão e Fabio Turci, de São Paulo, e Fábio William, âncora do “DF1” e que fazia parte do rodízio de apresentadores do “Jornal Hoje” e “Bom Dia Brasil”. As informações são do site Notícias da TV.

A repórter Thaís Itaqui está entre os profissionais dispensados nesta quarta-feira. Thaís tinha 16 anos na Globo e foi da primeira geração do “Profissão Repórter”, de Caco Barcellos. Desde 2013, a jornalista atuava em um núcleo de reportagens da GloboNews.

Em São Paulo, Márcia Corrêa, editora-chefe do “Bom Dia São Paulo” – telejornal apresentado por Rodrigo Bocardi – foi demitida. Ela trabalhava na emissora há 33 anos. Outra profissional dispensada foi Emilene Silva, que era editora do “Jornal Hoje”.

No portal, G1, foram demitidos os jornalistas Sávio Ladeira, Edmundo Silva, Olivia Henriques e Marta Cavallini. Em Brasília, Lúcia Carneiro, editora da GloboNews, foi dispensada, assim como Márcia Witczak, editora local e apresentadora da agenda cultural no DF1. Celso Fontão, que atuou como editor na GloboNews e no “Jornal da Globo”, também foi desligado da emissora.

O Tempo

Espaço Flor de Lotus