Search
Close this search box.

Ex-presidente do PT vota contra projeto de igualdade salarial entre homens e mulheres

O deputado Rui Falcão (PT-SP), aliado do governo e ex-presidente do Partido dos Trabalhadores, votou contra o projeto de lei que garante igualdade salarial entre homens e mulheres que exercem a mesma função. O texto, aprovado na Câmara nesta quinta-feira (4), foi rejeitado por oito deputadas durante a votação.

Horas depois, o parlamentar, que é autor de um projeto de lei do mesmo teor, protocolado em 2019, disse que se equivocou na hora de manifestar o voto e pediu desculpas pelo engano.

Segundo Rui Falcão, a indicação contrária foi um “erro técnico”. Ele afirmou que enviou à Câmara um ofício para corrigir o voto no projeto, que foi apresentado pelo Executivo.

A aprovação do PL fazia parte de um acordo político entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, que foi candidata à Presidência nas eleições de 2022. Para apoiar o petista no segundo turno, Tebet pediu que o projeto saísse do papel. O PL chegou à Câmara em 14 de março.

R7

Construções Recreio