Search
Close this search box.

Dois homens e cachorro morrem após ataques de abelhas no interior do RN

Dois homens e um cachorro morreram após diferentes ataques de abelhas, no último fim de semana, no Rio Grande do Norte. Outras pessoas também foram picadas pelos insetos.

No primeiro caso, no sábado (18), um homem de 40 anos e um cachorro morreram após serem atacados por um enxame no Sítio Brejo, zona rural de Felipe Guerra, na região do Alto Oeste do estado. O homem foi identificado como Gesanias Mendes da Silva. Ele era tecladista de uma banda.

De acordo com um amigo da vítima, ele estava trabalhando no sítio com o sogro e mais um homem. Ao se aproximar de uma mangueira, o trio começou a ser atacados pelas abelhas. Gesanias chegou a correr para dentro da casa carregando o sogro no colo, mas as abelhas continuaram as ferroadas.

Mais duas pessoas que estavam dentro do imóvel e um cachorro também foram atacados pelas abelhas, da espécie italiana.

O corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência e conter as abelhas. A vítima chegou a receber socorro, mas morreu no hospital Municipal de Felipe Guerra. O cachorro também morreu. As outras 4 pessoas receberam atendimento hospitalar e foram liberadas.

Angicos

O outro caso aconteceu no domingo (19) na zona rural de Angicos. Um homem morreu após ser picado por um enxame de abelhas em uma pescaria com familiares. Ele chegou a ser atendido no Hospital Municipal, mas não resistiu.

A vítima foi identificada como José Evangelista da Silva, de 54 anos. De acordo com a Polícia Militar, ele estava com três familiares em um rio no Sítio Esperança, zona rural do município, e foi atacado por abelhas próximo à ponte escolhida pelo grupo para pescar.

Duas pessoas conseguiram correr. Porém, José e seu irmão foram acuados pelas abelhas e ficaram dentro do rio, mergulhando, para fugir de mais ataques. Após conseguir escapar, ele começou a passar mal, foi levado ao hospital, mas teve uma parada cardíaca e morreu.

G1 RN

Espaço Flor de Lotus