Search
Close this search box.

Criminosos atiram contra fórum da Justiça no oitavo dia de ataques no RN

O Rio Grande do Norte registrou novos ataques criminosos entre a noite de segunda-feira (20) e madrugada desta terça-feira (21). Este é o oitavo dia de uma séride de ações criminosas que atingiram pelo menos 56 cidades do estado.

Bandidos dispararam tiros contra um fórum, atearam fogo em uma garagem municipal e tentaram incendiar a sede de um sindicato rural em cidades do interior do estado. Em Natal, pelo menos um criminoso tentou colocar fogo em uma garagem do setor de transportes da Polícia Civil e também em um barco na Praia da Redinha, mas nas duas situações o fogo não se alastrou.

Já na manhã um artefato explosivo foi encontrado na Vila de Ponta Negra, na Zona Sul da capital. O Bope foi acionado e explodiu o artefato por volta das 8h20.

Em Angicos, criminosos atiraram contra o fórum da Justiça, por volta das 2h30 desta terça (21). As marcas dos tiros ficaram nas paredes e vidraças do prédio.

Na garagem da prefeitura de Senador Georgino Avelino, o crime aconteceu por volta das 21h da segunda. Criminosos jogaram coquetel molotov contra um veículo estacionado no local. Parte do veículo ficou destruída.

Outro caso aconteceu em São Paulo do Potengi, onde criminosos tentaram atear fogo no prédio do sindicato rural do município. As marcas do fogo ficaram na entrada do prédio.

Em Natal, um criminoso jogou coquetéis molotov contra o setor de transportes da Polícia Civil, na Ribeira, Zona Leste da cidade, por volta das 22h. A polícia foi ao local e trocou tiros com o suspeito criminoso, que abandonou uma moto e fugiu correndo.

Ataques

Os ataques contra prédios públicos, comércios e veículos ocorrem desde a madrugada da terça-feira passada, 14 de março. Pelo menos 56 cidades já registraram ocorrências do tipo. Até o último domingo (19), o estado contabilizou ao menos 284 ataques criminosos.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, 142 pessoas suspeitas de envolvimento nos crimes foram presas, 41 armas e 139 artefatos explosivos foram apreendidos.

Nesta segunda-feira (20), o ministro da Justiça, Flávio Dino, anunciou envio de R$ 100 milhões ao estado.

G1 RN

Construções Recreio