Search
Close this search box.

Corinthians faz 1 a 0 e amplia vantagem sobre o América no primeiro tempo em Itaquera

O sonho de classificação para a fase de oitavas de final da Copa do Brasil ficou um pouco mais difícil para o América, que acabou a primeira etapa na partida realizada na Neo Química Arena perdendo para o Corìntihias por 1 a 0, gol marcado por Yuri Alberto, aos 41 minutos de partida. Agora para levar a decisão para os pênaltis, os potiguares necessitam devolver o placar que sofreram no primeiro encontro em Natal (2 a 1).

Necessitando de um dia heroico para se manter vivo na Copa do Brasil, o América assim que a bola rolou tentou logo o primeiro ataque, mostrando aos donos da casa quais eram as suas verdadeiras intenções em campo. A ordem de Marquinhos Santos era valorizar a posse de bola, mas não abdicar do ataque, logo no começo, Norberto desperdiçou boa chance ao receber um cruzamento entre os zagueiros e desviar sem direção.

Por sua vez, o time paulista administrava a posse de bola, com toques progressivos buscando a área alvirrubra, atrás de encontrar espaços para os atacantes. Num lançamento entre os zagueiros, Yuri Alberto recebeu na frente, bateu cruzado, mas Renan Bragança apareceu bem pela primeira vez na partida. Teve rebote, mas Breno Bidon não conseguiu completar o lance.

Mesmo sem forçar o ritmo, os corintianos passaram a dominar as ações, tanto que nos primeiros 15 minutos, a posse de bola da equipe bateu a casa dos 75%. O América demorava a chegar na frente, quando o fazia, era através de estocadas, mas levava perigo ao gol de Carlos Miguel, mas o duelo nem de longe lembrava aquela disputa do primeiro encontro.

Definitivamente, a etapa inicial não apresentou nada daquilo que os torcedores de ambas as equipes esperavam vem na partida, mas ainda assim, aos 41 minutos, o Corinthians abriu o placar com Yuri Alberto, que se aproveitou de uma trapalhada da defesa americana, na tentativa de cortar o lance e deixou o atacante do Timão livre para completar o passe de Breno Bidon.

Com a vantagem no placar agregado passando para 3 a 1, os donos da casa se tranquilizaram ainda mais e quase chegaram ao segundo gol com Fagner, após tabelar com Yuri, o lateral bateu e Renan Bragança segurou com firmeza.

Tribuna do Norte

Seridó Cadeiras