Search
Close this search box.

Coreia do Sul produzirá em massa lasers que podem derrubar drones a R$ 8

A Coreia do Sul está iniciando a produção em massa de uma arma laser de baixo custo que derrubou com sucesso pequenos drones durante testes, informou a principal agência de armas do país, nesta quinta-feira (11).

A arma laser, chamada Block-I, “pode atingir com precisão pequenos veículos aéreos não tripulados e multicopters a curta distância”, disse um comunicado à imprensa da Administração do Programa de Aquisição de Defesa da Coreia do Sul (DAPA).

O comunicado não informou o custo da arma, mas disse que cada tiro disparado custaria apenas cerca de US$ 1,50 – equivalentes a cerca de R$ 8.

Imagens fornecidas pela agência parecem mostrar uma arma do tamanho de um contêiner de transporte com um laser montado na parte superior e o que parece ser um radar ou dispositivo de rastreamento montado em um lado da plataforma.

A DAPA disse que a unidade mede 9 metros por 3 metros por 3 metros e dispara raios laser que são difíceis, se não impossíveis, de detectar antes do impacto.

“Ele é invisível e silencioso, não requer munição separada e pode ser operado somente quando a eletricidade é fornecida”, disse o comunicado da DAPA.

Versões futuras podem ser desenvolvidas para eliminar alvos muito maiores, incluindo aeronaves e mísseis balísticos, o que seria um potencial “divisor de águas”, de acordo com o comunicado.

A DAPA desenvolverá “um sistema de arma antiaérea a laser (Block-II) com saída e alcance aprimorados em comparação ao atual”, disse o comunicado

CNN

Limpa Mil