Search
Close this search box.

Após acidente de carro, pais matam filha de 1 ano por achá-la um “mau presságio”

Um casal de indianos foi preso no último domingo (30/4) acusados de assassinar a filha de apenas 1 ano e meio por a considerarem “mau presságio”. Segundo o jornal The Times of India, eles foram identificados como Mansukh Jograjiya, de 38 anos, e sua esposa Prakashben, de 35. Eles moram em uma vila de Sayla taluka, no distrito de Surendranagar, em Gujarat.

A polícia informou ao jornal que o casal, nativo da vila de Korad, é pai de cinco filhos, sendo o mais novo a pequena Ruhi, vítima do crime brutal.

De acordo com as autoridades, o corpo da criança apresentava ferimentos e foi retirado de um canal de esgoto atrás de um hotel perto da cidade de Sayla, na última sexta (28/4). As análises confirmaram que se tratava da menina de 1 ano e meio.

Durante o interrogatório à Polícia, segundo o The Times of India, os pais apresentaram depoimentos contraditórios. Posteriormente, quando voltaram a ser ouvidos, acabaram confessando o crime hediondo.

O inspetor Jaypalsinh Jadeja, do departamento de polícia de Chotila, que também fica em Gujarat, revela que o casal de fazendeiros havia saído para visitar um templo que fica em outra aldeia, na última quinta (27/4), mas o veículo deles acabou capotando em uma estrada próximo à rodovia Rajkot-Ahmedabad.

Como mostra o jornal indiano, Mansukh Jograjiya culpou a pequena Ruhi pelo acidente, dizendo que ela seria um “mau presságio”.

Segundo a polícia, o pai teria estrangulado a filha até que ela ficasse inconsciente. Em seguida, o casal então jogou o corpo no esgoto perto do hotel em Sayla, antes de voltar para casa.

A autópsia da criança revelou que ela morreu em decorrência dos ferimentos sofridos ao ser jogada no canal. Os pais foram autuados por assassinato e uma investigação mais aprofundada já está sendo realizada.

Trends BR

Supermercado Recreio