Após ataque a creche, Planalto cria grupo de trabalho para discutir cultura da paz, mas não detalha ações

O governo federal irá criar um grupo de trabalho para discutir a cultura da paz e a não violência após um ataque a uma creche particular que deixou quatro crianças mortas, nesta quarta-feira, na cidade de Blumenau (SC). O Palácio do Planalto, no entanto, não detalha se o colegiado irá focar em discussões focadas em escolas e quais medidas serão adotadas.

O grupo interministerial será liderado pelo ministro da Educação, Camilo Santana e será integrado por Flavio Dino (Justiça), Márcio Macêdo (Secretaria-Geral da Presidência da República) e Silvio Almeida (Direitos Humanos).

O anúncio foi feito pelo ministro da Secretaria de Comunicação Social (Secom), Paulo Pimenta, que não detalhou o nível das discussões do grupo.

Leia mais