Pix de R$ 0,01 se torna meio de comunicação e atinge 35,3 milhões de operações em 2023

Pix é o pagamento instantâneo brasileiro. O meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC) em que os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia. É prático, rápido e seguro.

“Oi, amor, você esqueceu de me bloquear no aplicativo do banco.” A frase corre como meme, mas, para Karolayne Costa, 25 anos, tem fundo de verdade. A estudante de direito afirma ter feito Pix de R$ 0,01, entre outros valores menores, para se comunicar com o ex-namorado que a havia bloqueado nas redes sociais.

“Meus Pix de R$ 0,01 são basicamente histórias de relacionamentos frustrados, onde fui bloqueada em tudo quanto é lugar. E além de usar Pix, já usei e-mail, mensagem no Linkedin, mensagem no PicPay”, disse Karolayne.

“É [um método de comunicação] eficiente, mas às vezes não funciona. Com meu ex-namorado, não deu em nada. Mas teve uma vez que foi o contrário: bloqueei outro menino de tudo, e ele me mandou um Pix pedindo para que eu o desbloqueasse. Aí eu respondi o Pix dele com um recado e devolvi com o mesmo valor.”

Leia mais

Pix tem novo recorde e alcança 175 milhões de transações diárias

O Pix, sistema de pagamentos instantâneos do BC (Banco Central do Brasil), atingiu um novo recorde diário de transações. Na última semana, foram 175 milhões de operações realizadas.

A informação foi dada pelo presidente Roberto Campos Neto durante evento nos Estados Unidos nesta 6ª feira (10). O presidente do Banco Central não especificou a data em que o recorde foi atingido.

O número superou o recorde de 163 milhões de operações, registrado em outubro deste ano.

Leia mais

Pix receberá prêmio de organização internacional em Miami por papel em inclusão financeira

O Pix será um dos quatro homenageados da premiação anual do Conselho das Américas (COA) por seu papel na promoção da inclusão financeira no Brasil. O COA, uma organização empresarial internacional, anunciou, no dia 13 de setembro, os homenageados deste ano do Prêmio Bravo de Negócios, que reconhece a excelência e a liderança nos negócios e em políticas no Ocidente. A premiação ocorre no dia 20 de outubro, em Miami (EUA).

O Pix vai ganhar o Prêmio Bravo Beacon of Innovation e a organização destacou o “profundo” impacto da iniciativa do Banco Central brasileiro na promoção de inclusão financeira. A organização ainda informa que o presidente do BC, Roberto Campos Neto, vai receber a premiação em nome da autarquia.

Leia mais

Homem é preso por suspeita de falsificação de chave Pix em ação beneficente de criança em Natal

Policiais civis da 24ª Delegacia de Polícia (DP de São José de Mipibu) prenderam em flagrante, nesta quarta-feira (05), um homem, 38 anos, suspeito por estelionato. A prisão foi realizada no bairro Planalto, localizado na Zona Oeste de Natal.

O homem teria falsificado uma chave PIX solidária, feita em benefício de uma criança ferida durante um ataque de animal em São José de Mipibu. Além disso, ele teria divulgado a foto dela, que ainda se encontrava hospitalizada, passando-se por seu tio.

O suspeito recebeu várias doações realizadas por meio de PIX. Em sua posse, também foi encontrada a quantia de R$ 800,00 (oitocentos reais) em espécie, assim como cestas básicas doadas.

Leia mais

Caixa começa a cobrar Pix de pessoas jurídicas em 19 de julho

A partir de 19 de julho, as pessoas jurídicas clientes da Caixa Econômica Federal começarão a pagar para fazer Pix. Autorizada pelo Banco Central (BC), a cobrança de tarifas para empresários que usam o sistema de transferências instantâneas é praticada pela maioria dos bancos, mas não era feita pela Caixa.

Em nota, o banco desmentiu falsas notícias que circularam nessa segunda-feira (18) de que a tarifação atingiria outros tipos de clientes. A Caixa destacou que pessoas físicas, microempreendedores individuais (MEI) e beneficiários de programas sociais continuarão a fazer Pix sem cobrança.

“A prática [tarifação do Pix para pessoas jurídicas] já é realizada por outras instituições financeiras e autorizada pelo Arranjo Pix desde novembro de 2020, conforme Resolução BCB nº 30/2020”, justificou a Caixa em nota.

Leia mais

Governo alerta para novo golpe do PIX, com ameaça de fazer ataque criminoso

O Governo do RN divulgou um alerta hoje (21) a respeito de um novo golpe no mercado: Se alguém ligar ou mandar mensagem para você ameaçando que seu imóvel, ou estabelecimento comercial será incendiado, ou alvo de disparos de arma de fogo, e “para evitar que isso ocorra deve efetuar algum tipo de pagamento, trata-se de um golpe”.

“Em função das ações crimonosas iniciadas há alguns dias, aumentou também a atuação de estelionatários, através de um golpe antigo. Os golpistas têm se aproveitado do atual contexto para impor o pânico e, inclusive, disseminar supostas “ordens” para fechamento do comércio em algumas regiões. O mais comum tem sido a exigência de transferência de valores via PIX. Não o faça!

O cidadão que for alvo desse tipo de tentativa criminosa deve acionar imediatamente as autoridades, através dos telefones 190 e 181 para atuação das polícias quanto à investigação. Trata-se de crime de estelionato, previsto no Código Penal Brasileiro (Artigo 158), que prevê prisão entre 4 a 5 anos.

Leia mais