Search
Close this search box.

Passageiro espanhol teve três costelas fraturadas após turbulência em voo desviado para Natal

Espanhol de 55 anos teve três costelas fraturadas durante turbulência — Foto: Brunno Rocha/Inter TV Cabugi

Um dos passageiros do voo da companhia aérea Air Europa, que passou por uma turbulência e fez um pouso de emergência no Aeroporto de Natal, teve três costelas quebradas e uma contusão pulmonar. Ele tem nacionalidade espanhola e está internado em um hospital particular da zona Leste de Natal.

O voo tinha 325 passageiros e pelo menos 30 foram levados para hospitais da Grande Natal.

Manoel González Noal, de 55 anos, foi um dos 30 pacientes socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele foi levado ao Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim, na região metropolitana de Natal. O homem ficou internado no setor de politraumatismo da unidade médica.

📳Participe do canal do g1 RN no WhatsApp

A vítima chegou ao local se queixando de dores no abdômen e relatou que, apesar de estar com cinto de segurança afivelado, a turbulência fez com que ele batesse o peito na mesa de refeição que estava aberta.

Após avaliação médica, Manoel foi transferido para um hospital particular da Zona Leste de Natal, onde permanecia internado até a noite desta segunda-feira.

Os pacientes que não ficaram feridos foram levados pela Air Europa de ônibus para Recife, de onde embarcariam em um novo voo para o Uruguai.

Uma passageira que estava no voo disse que pessoas ‘voaram’ para o teto do avião durante a turbulência. A boliviana Sandra Saldaña ficou com o braço esquerdo ferido.

“Foi muito desespero, porque teve gente que saiu voando para o teto e caiu. E a proteção do teto caiu em cima das pessoas. Acho que todos pensamos isso [que íamos morrer]. Porque foi muito forte”, relatou a passageira.

Um vídeo postado nas redes sociais por outra pessoa que estava no avião mostra um passageiro sendo retirado de um compartimento de bagagens após a turbulência. (veja acima)

Segundo a Zurich Airport Brasil, que opera o Aeroporto de Natal, a aeronave solicitou o pouso de emergência às 2h32.

O Samu foi acionado logo após o pouso para resgatar o feridos. Os pacientes, segundo o Samu, bateram a cabeça durante a turbulência e apresentavam fraturas na cervical, lesões na face e dores no tórax.

O voo saiu de Madri (Espanha) com destino a Montevidéu (Uruguai) e não tinha qualquer parada inicialmente programada para Natal. O modelo do avião que pousou no Aeroporto de Natal era um Boeing 787-9 Dreamline.

g1 RN

Seridó Cadeiras