Search
Close this search box.

Força-tarefa amplia fiscalização e vai investigar esgotos clandestinos na praia de Ponta Negra

Reunião foi realizada na Arsban para definir como os trabalhos serão desempenhados — Foto: Divulgação/Semurb

Uma força tarefa vai investigar a presença de ligações clandestinas de esgotos na Praia de Ponta Negra, Zona Sul de Natal, a partir do próximo dia 15 de julho.

As ações funcionarão como uma extensão das atividades que flagraram, na última terça-feira (2), um condomínio de luxo e mais dois empreendimentos despejando esgoto na praia de Areia Preta, na zona Leste de Natal.

📳Participe do canal do g1 RN no WhatsApp

Uma reunião na Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Município de Natal (Arsban) definiu como os trabalhos serão desempenhados.

Assim como a Praia de Areia Preta, a região de Ponta Negra também tem trechos impróprios devido à poluição existente. Fiscalizações anteriores já encontraram contribuições de esgotos na rede de drenagem. Entre outras atribuições, a força tarefa vai investigar a origem dessa água.

Além da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), vão participar da força tarefa, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) e Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur).

A Semurb reforça que a ligação clandestina de esgotos na rede de drenagem pode resultar em multas de acordo com o Código do Meio Ambiente e o Plano Diretor de Drenagem. As multas podem chegar a R$ 51,5 mil, como as que devem ser aplicadas aos empreendimentos que foram flagrados com irregularidades em Areia Preta.

g1 RN

Limpa Mil