Search
Close this search box.

‘Acordei e estava de cabeça para baixo’, diz passageira de voo que pousou em Natal após turbulência

Médica Cecília Lagucci e o marido Sebastian Garcia — Foto: Vinícius Marinho/Inter TV Cabugi

“Eu acordei e estava de cabeça para baixo. As pessoas voavam por cima de mim. Eu não conseguia levantar”. O relato é da médica Cecília Lagucci, que estava no voo que seguia da Espanha para o Uruguai e precisou fazer um pouso de emergência em Natal após uma forte turbulência na madrugada de segunda (1º). Pelo menos 30 passageiros ficaram feridos.

Cecília viajava com os filhos de 4 e 2 anos e com o marido. O filho mais novo foi arremessado para cima e foi encontrado na parte do teto do avião que se quebrou com a turbulência.

LEIA TAMBÉM:

Segundo ela, os dois filhos não tiveram ferimentos. A médica contou que dormia quando a turbulência começou e que não conseguia sair da cadeira para procurar os filhos.

“Eu sentia que o avião caía e pensava: ‘Vai estabilizar agora’. Mas então continuava a cair e cair. Até que estabilizaram o avião e eu consegui levantar. Eu sou uma pessoa muito prática, mas naquele momento eu realmente achei que ia morrer”, relatou.

O voo seguia da Espanha para o Uruguai com 325 passageiros, segundo a companhia aérea, e precisou ser desviado devido “à natureza da turbulência e por razões de segurança”. O avião solicitou o pouso de emergência às 2h32.

Pelo menos 30 passageiros foram resgatados pelo Samu e levados para hospitais públicos da Grande Natal. O espanhol Manoel González Noal, de 55 anos, teve três costelas quebradas e uma contusão pulmonar. Ele ficou internado no Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim.

g1 RN

Construções Recreio